Blog Animal

O uso de Cannabis na redução de dor em paciente com Osteossarcoma.

A Dra Mainara Carvalho @vetmainaracarvalho que mora na cidade de Taubaté, interior de SP me encaminhou o caso da Fiesta, raça Rottweiler com diagnóstico de osteossarcoma em membro anterior direito para que eu fizesse o acompanhamento com o uso do óleo full spectrum de Cannabis, ela dando suporte de forma presencial.

A intenção com o inicio do tratamento, com o óleo de cannabis, foi o de controle de dor, para que os medicamentos alopáticos fossem sendo tirados de forma gradativa. Ela já estava me tratamento com alimentação natural, nutracêuticos e ozonioterapia.

Relato da tutora na primeira semana com uso do óleo:

“Ela mudou, a cachorra não reclama mais de dor, já chega a encostar a patinha no chão, está mais esperta. Bom, para você ter uma idéia, caiu uma pomba no chão ela matou e comeu a pomba inteirinha, pena, bico, tudo que você imagina ela mandou ver. Então, está voltando ao que ela era antes. Dormindo a noite toda.”

Nesta primeira semana já conseguimos tirar 2 medicamentos para dor e inflamação.

Depois de 1 mês: “Continua espertinha, animada, atrás de mim o dia inteiro.”

LEMBRANDO: Cada caso tem suas particularidades. Biologia não é matemática.

Fazer o tratamento com um veterinário acompanhando o caso é um pré-requisito, pois existem medicamentos que não podem fazer interação com o óleo. Além disso, o tutor precisa receber todas as orientações de uso. NÃO é indicado o uso de qualquer óleo de cannabis, pois saber a genética da planta é de EXTREMA importância para o sucesso e segurança do tratamento.

O objetivo do relato de caso é mostrar que existem outras opções na veterinária que conseguem equilibrar o paciente sem obrigatoriamente o uso de medicamento alopático.
AUTORIA: Dra Lys Alves – Médica veterinária integrativa e mestre Reiki com dedicação ao diagnóstico e terapia de transtornos comportamentais em cães e gatos. Mais detalhes sobre suas áreas de atuação na aba “Equipe”

Comparilhar

Deixe uma resposta