Blog Animal

enriquecimento felino vetheling

Enriquecimento ambiental felino. O que você precisa saber.

Em primeiro lugar, o que é enriquecimento ambiental?

Segundo Ellis, 2019, é a adição de um ou mais fatores, em um ambiente restrito, buscando a melhora no bem-estar dos animais nele inseridos. Gatos são animais, ao contrário do que muitos pensam, que mais precisam e se beneficiam com o enriquecimento ambiental. Mas como executar em nossas casas?  É mais simples do que imaginam.

Existem vários tipos de enriquecimento:

  • SOCIAL
  • COGNITIVO
  • FÍSICO
  • ALIMENTAR
  • SENSORIAL

Vamos falar de estratégias para tornar a sua casa melhor  para seu gato:

  • Oferecer esconderijos. Podem ser caixas de papelão, tocas, prateleiras. Assim você está promovendo a opção de relaxamento ou fuga de estressor para seu gato.
  • Atividades interativas entre você e seu gato Fazer um horário da brincadeira é essencial para o bem estar do seu felino, pois nele o gato pode exibir comportamentos naturais da espécie, como a caça por exemplo. A escovação também pode ser uma atividade muito prazerosa para o gato é ajuda a criar um elo entre tutor e pet.
  • Alimentação fora do pote. Existem vários brinquedos no mercado onde o animal tem que “trabalhar” para obter o alimento, essa é uma atividade muito interessante para gastar energia mental do seu gato. Você pode também, jogar grãos de ração um por um para seu gato “caçar” sua comida.
  • Prover arranhadores. Escrevi no plural intencionalmente, pois devemos ter mais de um. O ideal é que sejam colocados em áreas de passagem a casa (entrada de quartos, corredores) e podem ser na vertical ou na horizontal ,vai depender da preferência do gato. Arranhar é uma necessidade, portanto se você não oferecer arranhador para seu gato, ele vai arranhar outro lugar. Existem várias outras ideias de enriquecimento para todo tipo de gosto e bolso. O enriquecimento promove diversidade comportamental, melhora a utilização do ambiente, auxilia na lida com desafios impostos pelo ambiente, diminui a frequência de comportamentos anormais, ajudando a trabalhar problemas de saúde e comportamento. Portanto dê a seu gato estímulos e brincadeiras e terá sem dúvida um gato mais feliz e com menor probabilidade de manifestar doenças.

 

Por Isabela Jardim Dias (Parceira VET HEALING)

Bióloga e consultora comportamental de cães e gatos

Consultoria para ambientes petfriedly

@belaadestradora

Comparilhar

Deixe uma resposta